Os fãs de Kingdom Hearts estavam em uma montanha-russa de emoções quando foi anunciado durante a apresentação final do Super Smash Bros. No final das contas, toda a série chegaria ao Nintendo Switch, mas apenas por meio da tecnologia de streaming em nuvem. As versões em nuvem são uma forma um tanto controversa de trazer títulos para várias plataformas, já que os jogos de streaming não requerem apenas uma conexão ativa com a Internet, mas também podem causar atrasos de entrada frustrantes e travamento do jogo.

Em uma entrevista para a NintendoLife, o produtor de Kingdom Hearts Ichiro Hazama foi questionado sobre o verdadeiro motivo por trás da Square Enix não trazer os jogos nativamente para Switch.

Trazer esses títulos para o Nintendo Switch provou ser bastante difícil por vários motivos, incluindo a capacidade de armazenamento do hardware, mas estamos felizes por termos feito isso acontecer pela primeira vez usando o serviço em nuvem.

– Produtor de Kingdom Hearts, Ichiro Hazama

Quando questionado se era possível para alguns dos títulos menos exigentes graficamente da série obter uma futura porta Switch nativa, como Kingdom Hearts HD 1.5 + 2.5 Remix, Hazama respondeu dizendo; “No momento, a produção de uma versão nativa está indecisa. Acreditamos que a versão em nuvem é a melhor maneira de trazer a série Kingdom Hearts para os jogadores do Nintendo Switch agora, mas estamos sempre animados para ouvir o feedback de nossos fãs e queremos agradecê-los por todo o apoio.

Fonte